Jânio e Ovelha

Da coluna de ontem (21/10) da Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo. Uma curiosidade com relação ao post sobre o ex-presidente Jânio Quadros.

Após 25 anos fazendo campanha para outros candidatos — entre eles, Jânio Quadros e Paulo Maluf –, Ovelha, 52, decidiu, enfim, traçar sua própria trajetória política. O cantor, que fez sucesso nos anos 80 com o hit “Sem Você Não Viverei”, ainda crê em sua popularidade para entrar na Câmara.

FOLHA – Quais lições você aprendeu com Jânio Quadros?
OVELHA –
Bicho, eu aprendi tanta coisa. Compus a música da campanha dele [para prefeito, em 1985]: “Chegou a hora da honestidade, do trabalho, da saúde, da educação, o Jânio vai voltar com a vassoura, para acabar com a corrupção”. Ele era pálido e me dizia [com a voz grossa]: “Ovelha, você é um rapaz inteligente. Tire proveito disso”. A gente comentava sobre coisas de Q.I., inteligência. Eu perguntava: “Mas, doutor, esse negócio de política não dá muito trabalho, não?”. Ele falava: “Isso é amor, rapaz. A política é um vírus. O que você não pode fazer é sacanagem”.

FOLHA – Direita ou esquerda?
OVELHA –
Sabe que nunca pensei nisso? Sou meio anarquista.

(Sem Você Não Viverei é cantada por Jeremias naquele famoso vídeo. Ovelha já a cantou, ao vivo, no Pânico na TV — e só de sunga.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s