Nade, que a água-viva vem aí

No Yahoo! Respostas, os internautas postam perguntas abrangendo vários temas para que outros respondam. As melhores respostas ganham mais pontos e os usuários mais ativos têm posição privilegiada no ranking do site. Porém, como em uma sala de aula, acabam por surgir algumas questões um tanto ingênuas, como a da Grazi: “Muitas pessoas já foram queimadas por agua viva (sic), mas como que isso pode acontecer? Sendo que elas vivem na agua (sic)?“. O estranho é que a resposta eleita como a melhor foi esta: “elas não queimam com fogo né? é a substância altamente tóxica e urticante q elas tem naqueles fiozinhos (tentáculos) etc, q eu esqueci o nome. Aquela substância é pior q fogo não sei se vc sabe mas água-viva é o animal mais venenoso q existe, se eu não m engano, elas têm veneno suficiente para matar 4 ou 5 homens, claro, se o veneno for para o sistema nervoso!“, acompanhada desta ótima observação: “Vc pode se queimar com água aí na sua casa tbm lave sua mão com soda cáustica na torneira para vc ver! Não é só no mar!

Bobagens à parte, esse texto foi retirado do site da revista Saúde! É Vital e está na mesma página: “É comum ouvir que a água-viva queima a pele. Não é verdade. Embora a dor realmente lembre a de uma queimadura aguda, o que ocorre é que ela apresenta milhões de pequenas células em seus tentáculos capazes de injetar um potente veneno numa espécie de reação de defesa do animal. O efeito é avassalador: dor intensa, inchaço, vermelhidão, bolhas e úlceras.

O médico sanitarista da Vigilância Epidemiológica de Santos (SP), Tarcísio Borges Filho, explica que as caravelas chegam à costa trazidas por correntes marítimas. A pessoa que for ferida por água-viva não deve tentar remover os tentáculos, aderidos à pele, de forma brusca. “O correto é não mexer no local. A queimadura deve ser lavada com a própria água do mar. A água doce provoca mais ardor e inchaço”, alerta.

Após esse procedimento, deve ser feita compressa com vinagre por dez minutos. Depois, voltar a lavar o ferimento na água do mar e fazer nova compressa com vinagre, por mais 30 minutos. Se persistir a dor, aplicar no local uma pasta feita com água do mar e bicarbonato de sódio – para absorver a substância tóxica. O bicarbonato pode ser substituído por talco simples ou farinha de trigo. Depois de secar, remover com uma espátula. Em casos mais graves, a vítima deve ser levada ao pronto-socorro. (Trecho adaptado de http://www.clicklitoral.com.br/02513.html)

Leia o texto do NY Times: “A afirmação: vinagre pode melhorar queimaduras de água-viva”
Assista e admire a estupidez humana: “Bobbing for Jellyfish”, Jackass — 2ª temporada, 8º episódio.

Curiosidade: Uma regra prática para avaliar a extensão das queimaduras pequenas ou localizadas, é compará-las com a superfície da palma da mão do acidentado, que corresponde, aproximadamente a 1% da superfície corporal.

Para queimaduras maiores e mais espalhadas, usa-se a REGRA DOS 9%:

Um adulto de frente:
9% = rosto
9% = tórax
9% = abdômen
9% = perna direita
9% = perna esquerda
9% = os 2 braços
1% = órgãos genitais.
55% = sub-total

Agora, de costas :
9% = costas
9% = abdômen
9% = perna direita
9% = perna esquerda
9% = os 2 braços
45% = sub-total

55%(frente) + 45%(costas) = 100% da área do corpo.

Fonte: http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/queima.htm

P.S.: Uma outra questão levantada por Grazi é “Para que nos (sic) estudamos quimica (sic)?“. As respostas podem interessar os nossos professores (o Digão, no ano passado, fez uma enquete parecida no segundo ano):

. “Quimica (sic) cai no vestibular!“;
. “Eu não estudo Química, ela nada tem a me dizer! Agora, a Alquimia eu estudo, sim! Ela tem muito a me dizer sobre eu mesmo e sobre minhas relações com o mundo e com o Sagrado.”
. “Para quando vc lavar seu banheiro, nunca misturar VEJA com CÂNDIDA, por exemplo.
. “… a química está em tudo, assim como a física e a matemática. O que nos parecem matérias “chatas” são essenciais para o desenvolvimento nosso e de modo geral do planeta. Sem a química não saberíamos responder por exemplo: Por que chove? Por que tal refrigerante é tão saboroso? Como se fabrica o cimento? e tantas outras perguntas que surgem no nosso dia a dia. Um beijo na sua química da pele, rssss, também existe!” (Grazi: “Gostie (sic) da sua resposta. Ainda mais por gostar de refrigerante. Agora vou estudar quimica (sic) como mais vontade. Obrigada pele (sic) sua ajuda.“)
. “Sua pergunta tem mais de uma resposta, dependendo do nível de interpretação: 1 – Estudamos química pelo mesmo motivo que estudamos geografia, física, história e matemática – como base para entender o mundo que nos cerca; 2 – Estudamos química elementar no primeiro grau como base para estudos mais avançados de biologia e química propriamente dita, que por sua vez são fundamentos de um mundo de cursos profissionais; 3 – Estudamos química para passar de ano.

Esse terceiro item da última resposta nunca me pareceu tão verdadeiro.

Anúncios

Uma resposta para “Nade, que a água-viva vem aí

  1. véw ridicuploooooooooooooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s